X
Mioma Uterino: Eu preciso remover meu útero? - Clínica Ayroza Ribeiro - Ginecologia Minimamente Invasiva
Mioma Uterino: Eu preciso remover meu útero?

No passado, a falta de recursos para diagnósticos mais precisos gerou uma indiscriminada indicação de histerectomias, até mesmo como uma forma de evitar-se um futuro câncer.

Sob a nova visão filosófica da ginecologia contemporânea, preservar o corpo humano íntegro e em harmonia significa preservar a saúde física e psicológica da mulher.

Com o advento de novos exames (papanicolau, colposcopia, ultrassonografia, ressonância magnética, videohisteroscopia), que possibilitam uma melhor avaliação das doenças uterinas, esses objetivos vêm sendo alcançados.

Entretanto, a retirada do útero algumas vezes precisa ser considerada, embora a grande interrogação seja determinar o momento exato em que ela deva ser realizada.


A histerectomia hoje dever ser indicada de forma absoluta para estes casos:

• Câncer de corpo uterino

• Câncer de colo uterino invasivo

• Úteros muitos volumosos e/ou deformados por múltiplos miomas

• Hiperplasia endometrial complexa com atipias

• Câncer de ovário


E pode ter indicação discutível nas seguintes condições:

• Dismenorréia de forte intensidade

• Dor pélvica crônica de origem uterina

• Endometriose/Adenomiose

• Prolapso uterino

• Miomas

• Sangramento uterino anormal sem causa aparente/não responsivo ao tratamento


Ainda assim, mesmo quando a cirurgia for bem indicada e realizada dentro da técnica mais apurada, temos que lembrar que a histerectomia é uma cirurgia de grande porte e deve ser a solução de último recurso, quando não for obtido sucesso com tratamentos mais conservadores.



Leia também
Ferramenta ajuda no tratamento de endometriose profunda

Dispositivo de dissecção ultrassônica sem fio ajuda a separar tecidos comprometidos sem a necessidade de suturar, cortando e cauterizando a parte indesejada com o calor do ultrassom, de forma minimamente invasiva.




Ginecologista Helizabeth Salomão fala sobre características da endometriose

É preciso ficar atento aos sintomas da doença e investigar as causas, diz especialista




Dra. Helizabet Salomão tira dúvidas sobre métodos anticoncepcionais

Em entrevista ao programa Bem Estar, Ginecologistas ajudam na Decisão que deve ser tomada sempre com orientação do médico.




O que é endoscopia ginecológica?

A endoscopia ginecológica é uma técnica que utiliza pequenos aparelhos chamados de endoscópio para visualizar o interior do abdômen e dos órgãos genitais.